Por que é tão importante amamentar o bebê?

Atualizado: Mai 15


Que o leite materno é importante nós já sabemos, mas será que é tão diferente assim das fórmulas?


 Verdade, de fato, encontramos diversos tipos de fórmulas e sempre com a indicativa de idade. Mas infelizmente a fórmula artificial nunca será tão boa para o seu filho como o Leite materno. Afinal, se os fabricantes tentam a todo custo “imitar” o Leite Humano, é por que eles sabem que o que seu filho precisa esta bem ai, prontinho e na temperatura correta dentro do seu “mama”


 O leite materno é tão especializado que realmente muda de composição ao longo do tempo, para fornecer toda a nutrição que um bebê em crescimento precisa.

Quando o bebê nasce a mãe tem um leite diferente que a primeira vista parece “pouco e que não vai sustentar”, mas fique tranquila, o colostro é rico em proteínas e anticorpos que fornece imunidade ao recém-nascido protegendo-a de doenças. E vai sim satisfazer o bebê.


 A medida que o bebê cresce, o leite materno maduro tende a conter concentrações mais altas de gordura e açúcar do que o colostro, mas isso pode variar de acordo com as demandas de crescimento do seu bebê.

O leite maduro continua a fornecer imunidade ao bebê, fornecendo anticorpos produzidos no corpo da mãe que são específicos para os micróbios encontrados no ambiente que compartilham. Quando o bebê fica doente o corpo da mãe entende qual a necessidade e fornece anticorpos específicos para combater aquela gripe, por exemplo.

 

  A natureza humana é linda mesmo né?

Algumas pesquisas científicas sugerem que bebês que são exclusivamente amamentados têm risco reduzido de diabetes, obesidade e outras doenças crônicas na vida adulta. Alguns estudos mostram até que bebês amamentados tendem a ter um melhor desenvolvimento cognitivo.


 Como falei antes o leite materno muda de acordo com as demandas de crescimento do bebê, então até os 6 meses de idade, é disso que ele precisa. Não precisa dar água, chá, suco ou qualquer outro alimento, seja líquido ou sólido. A partir dos seis meses é que devemos introduzir os alimentos respeitando a autonomia da criança. Mas isso é assunto pra outro post.


 Com tudo isso de vantagem você não vai querer dar fórmula para o seu bebê não é? Sabemos que em alguns casos alimentar seu filho com fórmula não é uma opção. Mas sabemos também que muitas vezes os pediatras e a pressão familiar de que o leite não sustenta incentivam esta cultura.


 Empodere-se para fornecer o melhor alimento que seu bebê poderia ter a melhor coisa é sempre se munir de informação para fazer a melhor escolha dentro da sua realidade.


Aretusa Dias

Estudante de Nutrição



10 visualizações1 comentário

Encontrei um ótimo blog sobre alimentação saudável. Confira DicasDoBemNutri.com!

Twitter_Social_Icon_Circle_Color.png

©2018 DICASDOBEMNUTRI.COM

contato@dicasdobemnutri.com

Centro, Florianópolis, SC, Brasil