PARA QUE SERVE A GLUTAMINA?

  Na nutrição esportiva, os recursos mais utilizados entre atletas profissionais e indivíduos fisicamente ativos são os suplementos alimentares. São utilizados para agregar à dieta uma ou mais substâncias especificas, com o intuito de evitar deficiências nutricionais, melhorar o desempenho, elevar a energia, a força, recuperação muscular e manter em perfeitas condições o sistema imunológico.


  Devido a função dos aminoácidos como substrato na síntese proteica e no aumento de massa muscular, produtos que são compostos por aminoácidos, entre eles a glutamina, são bastante conhecidos atualmente. A glutamina é um aminoácido extremamente importante para diversas células do nosso corpo e está envolvida em várias funções, sendo o aminoácido mais abundante no plasma e no tecido muscular, a concentração de glutamina no músculo esquelético é 30 vezes superior à do plasma. A partir da sua ingestão, mais da metade, é utilizada pelas células do intestino delgado, além de outras células, tais como as células do sistema imunológico, rim e fígado. A glutamina pode ser sintetizada pelo nosso organismo, porém é considerado um aminoácido condicionalmente essencial, devido a algumas situações especificas, por exemplo, câncer, cirurgia, sepse, traumas e no exercício físico prolongado, nesses casos é necessário inserir na dieta, devido a síntese de glutamina não ser suficiente para demanda exigida pelo organismo.


  A prática de exercício físico, prolongado (duração é superior a uma hora) ou intenso, tem demonstrado relação direta com a depressão do sistema imunológico. A diminuição significativa das concentrações de glutamina durante e após exercício intenso e prolongado tem sido demonstrada em vários estudos. Como consequência da menor disponibilidade de glutamina, o sistema imune fica vulnerável, por serem afetados os macrófagos, neutrófilos e linfócitos, pois utilizam a glutamina como um importante combustível. Estas células são responsáveis por manter em condições favoráveis o sistema imunológico.


  A Glutamina também tem a finalidade de anabolismo, uma hipótese para este evento, seria o aumento da captação de sódio pela célula muscular, ocasionando volume celular. Este aumento pode caracterizar um evento anabólico por favorecer a síntese proteica. Além disso, alguns estudos dizem que o uso de glutamina em indivíduos que praticam exercício intenso, pode elevar a concentração de glicogênio intramuscular, podendo auxiliar na recuperação muscular e ainda que descrevem que a suplementação desse aminoácido está relacionada á menor perda de força e diminuição da dor muscular após o exercício intenso.


 Através das pesquisas realizadas referente da suplementação com a glutamina em praticantes de exercício intenso e prolongado, foi possível perceber que seu uso pode trazer melhorias ao indivíduo fisicamente ativo, em especial à fase de repouso, por evitar a imunodepressão. Lembrando que a maioria dos estudos encontrados na literatura, referem, especificamente, à suplementação em indivíduos praticantes de exercício físico de longa duração.



Drielly Boddy


49 visualizações

Encontrei um ótimo blog sobre alimentação saudável. Confira DicasDoBemNutri.com!

Twitter_Social_Icon_Circle_Color.png

©2018 DICASDOBEMNUTRI.COM

contato@dicasdobemnutri.com

Centro, Florianópolis, SC, Brasil