Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT's)

Atualizado: 28 de Set de 2019

As DCNT’s compõem um quadro de doenças múltiplas e de causa multifatorial dentre elas as mais frequentes são o sedentarismo, tabagismo, alcoolismo e hábitos alimentares não saudáveis. As DCNT’s são compostas por doenças cardiovasculares, respiratórias crônicas, certos tipos de canceres e diabetes, e foram responsáveis por 70% dos óbitos no mundo e cerca de 80% do total de óbitos ocorrem em países de média a baixa renda.


Evidências cientificas demonstram que haverá um aumento no número de casos de DCNT’s devido a transição de comportamento e hábitos alimentares. Sendo assim a ONU em 2011 estabeleceu que cada país elaborasse metas para reduzir a ocorrência dessas doenças já que elas são responsáveis por aumentar os gastos familiares na busca de serviços, tratamentos e, consequentemente, elevar os custos do país e sobrecarregar os sistemas de saúde. Malta et al. evidencia em sua pesquisa realizada utilizando dados da Pesquisa Nacional de Saúde – PNS em território brasileiro, que indivíduos com diagnostico de um ou mais tipos de DCNT’s tendem a procurar ainda mais os serviços de saúde e deixam de realizar atividades de rotina por motivos de saúde.


Portanto, é necessário que medidas sejam tomadas para modificar o padrão atual e diminuir os indicadores atuais. No Brasil, em 2013 a Assembleia Mundial de Saúde adotou um quadro abrangente de monitoramento global com 25 indicadores e 9 metas para 2025 e aprovou o Plano de Prevenção e Controle de Doenças Crônicas Não Transmissíveis 2013-2020. Dentre as metas definidas, constam:

· A redução da mortalidade por DCNT em 25%.

· A redução dos fatores de risco (tabaco, álcool, sal, inatividade física)

· O acesso a medicamentos, ao aconselhamento e a tecnologias para tratamento de DCNT.

· O acesso à assistência aos portadores de DCNT, incluindo consultas médicas, cuidados na atenção primária, testes de laboratório, prática clínica e aconselhamento.


O objetivo é melhorar os indicadores na assistência dos portadores de DCNT’s e a melhoria da qualidade de vida. Como dito anteriormente a autora do site Anelise e eu, estaremos lançando no instagram @dicasdobemnutri com um intervalo de 15 dias, um post informativo sobre cada tipo de DCNT, bem como definição, causas, prevenção e tratamento com o intuito de ajudá-los a manter-se cada vez mais informados. Vamos fazer parte desse time e evitar que sejamos mais um número nesses indicadores?


Leonardo Prim CRN10/7731

________________________________________________________________________

Referências: BRASIL, Ministério da Saúde. Diretrizes para o cuidado das pessoas com doenças crônicas nas redes de atenção à saúde e nas linhas de cuidado prioritárias. Brasília, 2013. http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/publicacoes/diretrizes_doencas_cronicas.pdf.


DUNCAN, BB et al. Doenças Crônicas Não Transmissíveis no Brasil: prioridade para enfrentamento e investigação. Rev Saúde Pública 2012;46(Supl):126-34. http://www.scielo.br/pdf/rsp/v46s1/17.pdf.


MALTA, DC et al. Doenças crônicas não transmissíveis e a utilização de serviços de saúde: análise da Pesquisa Nacional de Saúde no Brasil. Rev Saude Publica. 2017;51 Supl 1:4s. http://www.scielo.br/pdf/rsp/v51s1/pt_0034-8910-rsp-S1518-87872017051000090.pdf.

29 visualizações1 comentário

Encontrei um ótimo blog sobre alimentação saudável. Confira DicasDoBemNutri.com!

Twitter_Social_Icon_Circle_Color.png

©2018 DICASDOBEMNUTRI.COM

contato@dicasdobemnutri.com

Centro, Florianópolis, SC, Brasil